Trave de escola cai sobre criança de seis anos em Vitória

0

ae1Uma criança de seis anos foi atingida por uma trave na última quinta-feira (10), na quadra da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Rita de Cássia Oliveira, no bairro Resistência, em Vitória.

A criança atingida não estuda na unidade de ensino, mas acompanhava a mãe e o irmão em um evento de capoeira que acontecia no local.

O equipamento caiu e atingiu a menina no rosto e no peito. De acordo com a mãe da criança, a auxiliar administrativo Juliana Duarte, de 33 anos, a menina estava encostada na trave enquanto outras crianças brincavam na baliza. 

Assustada com a quantidade de sangue provocada por um corte na testa da menina, a mãe a levou direto para o Hospital Infantil, em Vitória. A criança precisou levar pontos na testa e sofreu escoriações por todo o corpo.

A mãe registrou um boletim de ocorrência e a menina passou por um exame de corpo de delito. Juliana pretende processar a prefeitura por conta das condições do equipamento da escola.

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Vitória (Seme) respondeu que parceria entre a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Rita de Cássia Oliveira, em Resistência, e a comunidade permite que os espaços externos do local sejam utilizados para atividades diversas fora do horário letivo.ae2

“Na noite de quinta-feira (10) estava acontecendo um evento comunitário no local e a visitante, que não é estudante da unidade de ensino, dependurou-se na trave durante atividade de capoeira, o que ocasionou o acidente. Ela foi socorrida imediatamente e, segundo a família, encontra-se em casa, em observação. A Seme esclarece que a trave é móvel para que permita a prática de outras atividades físicas que dispensam o uso do equipamento, e todos os alunos tem conhecimento desta informação, por isto nunca ocorreu acidentes como o verificado. A Seme solicitou vistoria e reparos no local e informa que vai apurar a as circunstâncias do acidente”, finaliza a nota.

Fonte: Gazetaonline