São Gabriel da Palha é contemplado com Projeto Campo Bom de Bola II

0

Um campo profissional de futebol soçaite com grama sintética, alambrado, iluminação e que pode ser utilizado 24 horas por dia, sete dias por semana. Assim é o Campo Bom de Bola II, em sua nova versão, que foi lançado nesta quarta-feira (17) no Palácio Anchieta, em Vitória. Na ocasião, foram assinados 41 convênios com 30 municípios aptos a receber o projeto, que visa a construção de 70 novos campos em todo o Estado.

“O esporte é um grande instrumento de inclusão social. Suas modalidades são alternativas para quecrianças e adolescentes não entrem no mundo do crime e das drogas. Tenho trabalhado, incessantemente, para que jovens tenham oportunidade. Oitenta campos de futebol soçaite jáforam entregues e, hoje, estamos aqui, assinando convênios para construção de mais campos, desta vez em 30 municípios capixabas”, pontuou o governador Renato Casagrande.

Durante o evento o secretário de Estado de Esportes e Lazer, Vandinho Leite, explicou as mudanças e melhorias da nova versão do projeto Campo Bom de Bola. “Concluímos a construção de 80 campos multiuso, que hoje podem desde abrigar projetos de inclusão social até ser sede de atividades direcionadas à terceira idade. Agora estamos, além disso, possibilitando um espaço que os municípios possam atender as demandar profissionais. Ou seja, o município que receber um deste novos campos, poderá até receber competições nacionais e internacionais, por que agora eles são profissionais. Isso é prova de que o Governo do Estado está investindo no esporte capixaba”, garantiu.

Já foram entregues 80 campos soçaite em todo o Estado, e agora a Sesport está construindo mais 70 novas unidades em um modelo mais moderno e com medidas oficiais, totalizando um investimento de mais de R$ 40 milhões.

Municípios e comunidade esportiva

Um dos prefeitos presentes para assinar os convênios foi Gilson Daniel Batista, de Viana, que estava satisfeito com a oportunidade. “Fico empolgado com este grande investimento do Governo no esporte, porque isso é de extrema importância, principalmente para nossos jovens. O município será beneficiado com três campos deste novo modelo em áreas atendidas pelo Programa Estado Presente, justamente para incentivar nossas crianças e adolescentes e dar mais oportunidade aos atletas”, frisou.

O presidente da Federação de Futebol 7 do Espírito Santo, José Luiz Zouain, que participou do evento junto da equipe feminina de futebol 7 de Vila Nova, que foi campeã capixaba da competição neste mês , também demonstrou sua satisfação com o novo projeto. “Este é mais um grande projeto da Secretaria, já que os novos campos terão medidas oficiais que além de atender a comunidade dará melhores condições na prática deste esporte que cresce a cada dia”, disse.

Convênios assinados

Os 30 municípios que assinaram os convênios foram: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alegre, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Cariacica, Colatina, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Ecoporanga, Fundão, Itaguaçu, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Marataízes, Montanha, Mucurici, Pinheiros, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, Serra, Venda Nova do Imigrante, Vila Velha, Viana e Vitória.

Campo Bom de Bola II

Diferente do primeiro modelo, o novo projeto seguirá os padrões da Confederação 7 Society, o que torna o campo profissional. Ou seja, o Campo Bom de Bola passa a contar com uma dimensão de 31,5 x 49 m² (antes era 27 x 47m²) possibilitando um espaço padrão para os bancos reserva dos jogadores.

O espaço passa a contar, também, com melhor iluminação, com seis postes em seu entorno, e novo modelo de grama sintética, com manta impermeável que permite o reaproveitamento das águas capitadas pela drenagem.

O novo projeto visa à construção de 70 campos em todo o Estado com um investimento total de R$ 22.048.907,71.