Menina de oito anos fica gravemente ferida após ser atacada por capivara

0

cUma menina de oito anos foi atacada por uma capivara na tarde desta terça-feira (01) numa propriedade rural, no distrito de Pelado, interior de Aracruz, Norte do Estado.

O pai da criança, o técnico em eletrônica Vagner Marim, acredita que o animal atacou a filha por ciúmes. “Eu estava alimentando minha filha e de repente a capivara pulou na garganta dela, rasgou na frente e atrás. Ela estava acostumada demais comigo, sempre ia no meu quintal. Acredito que ela atacou por ciúmes”, contou o pai.

Tainara foi levada pelo próprio pai para o Hospital Maternidade Sagrado Coração de Maria, em João Neiva, e transferida para o Hospital Infantil, em Vitória. Vagner informou que o quadro da filha é estável, mas terá de passar por cirurgia plástica no pescoço. Ele disse ainda que irá pedir o Ibama para retirar o animal de sua propriedade.

De acordo com o analista ambiental da Reserva Biológica de Sooretama, Valdir Martins, a capivara não é um animal carnívoro e, possivelmente, foi colocado em alguma situação de estresse. Disse ainda que capivara não é um animal agressivo e que não costuma atacar.

Amabily Caliman