Desvio de dinheiro na Câmara Municipal é investigado em Ecoporanga

ecoporangaO presidente da Câmara, Nivaldo Toledo (PTB), informou que estão faltando na conta da câmara mais de R$ 327 mil

O contador da Câmara de Vereadores de Ecoporanga, Elias Tavares, foi afastado do cargo por denúncia de desvio de dinheiro público. O presidente da Câmara, Nivaldo Toledo (PTB), informou que estão faltando na conta da câmara mais de R$ 327 mil. Segundo ele, o dinheiro era desviado desde maio de 2009.

Toledo conta que desconfiou que faltava dinheiro na conta da câmara no final de agosto. “Fiz os levantamentos necessários através de extratos bancários e confirmei os desvios”, relatou. O presidente da Casa disse que o contador chegou a dar explicações, mas não convenceu. “Depois ele confessou para mim, mas estávamos só nós dois na sala“.

De acordo com Toledo, a câmara tomou todas as providências necessárias. “O funcionário foi afastado no início deste mês. Protocolei a denúncia no Ministério Público pedindo a prisão, a devolução do dinheiro e o bloqueio dos bens dele”, revelou.

A assessoria do Ministério Público informou que a Promotoria de Justiça de Ecoporanga recebeu a denúncia e já iniciou os procedimentos de investigação e análise dos fatos. Caso sejam constatadas irregularidades, o MPES tomará todas as medidas legais cabíveis.

Por e-mail, o contador Elias Tavares declarou que as denúncias contra ele não são verdadeiras e ele provará a inocência assim que for notificado oficialmente pelo Ministério Público. “Quanto às alegações da câmara, ainda não tive a oportunidade de me manifestar e esclarecerei no momento oportuno todas as acusações que me estão sendo imputadas“, relatou.

(Viviane Carneiro – A Gazeta)

Deixar um Comentário

Gravatars são pequenas imagens que podem demonstrar sua personalidade. Você pode ter a sua acessando gravatar gratuitamente!

© 2012 - Desenvolvido por Webmundo Solucoes Web - Todos Direitos Reservados.