Menino de 7 anos realiza sonho e recebe farda da Polícia Militar

0

Uma carta escrita com muito carinho e sinceridade por um menino de 7 anos, morador do município de Vila Velha, chamou a atenção do Comando-Geral da PMES, que ficou motivado a realizar o desejo da criança: receber uma farda da Polícia Militar do Espírito Santo.   Momento em que o pequeno Gustavo recebe a farda da Polícia Militar

Na manhã desta sexta-feira (26), uma viatura foi buscar o pequeno Gustavo Pagotto, de surpresa, em sua residência no bairro Soteco, e o trouxe – acompanhado de seus pais e do irmão – até o Quartel do Comando Geral, onde ele recebeu seu tão sonhado presente das mãos do comandante de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM), coronel Márcio Eugênio Sartório.

Desde que embarcou na viatura e percorreu todo o trajeto até o quartel, Gustavo mostrou-se muito emocionado, com uma expressão única de surpresa e encantamento. Ele vivenciou momentos do dia a dia de um policial militar, ao simular uma patrulha pelas ruas de Vitória, embarcado na viatura com giroflex e sirene ligados, e até mesmo ao entrar no gabinete do comando-geral e sentar-se à mesa privativa do comandante da PMES, coronel Moacir Barreiro Vieira de Mendonça.

Entretanto, o ápice de seu entusiasmo foi quando ele recebeu a tão sonhada farda, das mãos de um policial militar, representado pelo comandante do CPOM, com os olhos brilhando de alegria. Na mesma hora, os pais o vestiram e ele envergou a farda, fazendo posição de sentido e prestando continência para os militares ali presentes.

Para coronel Sartório, é muito gratificante poder proporcionar esse momento a uma criança, cujo sonho é se tornar um policial militar. “A Polícia Militar faz isso todos os dias, pois somos grandes incentivadores de crianças e jovens que sonham com um futuro digno, longe das drogas e da violência. Por isso temos nossos projetos sociais inseridos nas escolas e comunidades e sempre que podemos estamos presentes nos aniversários e eventos desses pequenos que nos admiram”, afirmou.

Além de receber a fardinha, o pequeno Gustavo realizou uma visita ao Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (NOTAer), onde conheceu um pouco das aeronaves, ganhou brindes e tirou várias fotos com a equipe.

A carta

Tudo começou quando Gustavo foi levado pelos pais a uma exposição da Polícia Militar no Shopping Vila Velha e vestiu uma farda da Companhia Independente de Operações com Cães (Cioc). A partir daquele momento, ele disse à mãe Isabela Pagoto que o sonho dele era ser policial e poder vestir uma farda “completa” – com boina e coturno – como ele mesmo descreveu em sua carta.

Sabendo do amor que o filho sente e do desejo dele em poder se vestir igual aos policias, a mãe de Gustavo preparou a farda completa para o garoto e procurou a instituição, a fim de realizar o sonho dele de receber o presente das mãos dos policiais militares.

“Meu nome é Gustavo Pagoto, meu sonho é ser policial. Já fui visitá-los no quartel, e sempre que vejo vocês na rua fico muito feliz. Gostaria muito de ganhar uma farda completa, com boina e coturno”, diz um trecho da cartinha.

“Ele sempre foi um admirador da PM. Não podia ver um policial na rua, que já ficava alegre. É uma profissão muito bonita, se ele seguir ficaremos muito felizes”, opinou Isabela.

 

Informações à Imprensa: Site da PMES